REVISTA

Memórias de Nazaré expõe ícones do Círio

 
A Basílica de Nazaré criou o espaço “Memórias de Nazaré” há três anos e, no decorrer do Círio 2015, algumas programações especiais foram preparadas. A mostra é permanente e faz alusão aos diversos simbolismos da fé cristã. Várias peças da edição do Círio de 2014 fazem parte do acervo. As obras são exibidas na Casa de Plácido, localizada no estacionamento da Basílica de Nazaré. Os horários de funcionamento são de segunda-feira a sábado, de 9h às 18 horas, e aos domingos apenas no turno matutino.
 
Na semana do Círio deste ano, além da mostra, o espaço Memórias de Nazaré contou com algumas apresentações do grupo teatral Origem, que encenou toda a história do Círio e da Basílica. As performances foram limitadas ao período da festa de Nazaré deste ano, entretanto, a exposição dos ícones da fé local continua em exibição para o público e tem entrada franca.
 
  
 
Os objetos do acervo da mostra são chamados de ex-votos, isto porque fizeram parte de promessas de romeiros da edição passada no Círio. Ao todo, são 60 peças, dentre elas barcos de madeira, casas de miriti, partes do corpo humano em cera e mantos dos anos anteriores.
 
A Casa de Plácido é um local destinado para a acolhida de romeiros, principalmente em época de Círio. Desde 2009, o espaço conta com banheiros, refeitórios, praça de alimentação, sala de estar para descanso, sala de milagres e ambulatório de primeiros-socorros.

Comentário