REVISTA

Festival traz programação diferenciada

A quinta edição do festival de música Conexão Belém vai ocorrer nos dias 5 e 6 de dezembro, na Estação das Docas. O evento continua com a proposta de valorizar a cultura regional e dar espaço para artistas autorais locais, entretanto, também promove um choque de ritmos ao misturar diferentes estilos, gêneros e convidados na programação. A entrada do festival é gratuita.

Dona Onete, Gang do Eletro, Banda Strobo, Espoleta Blues, Nanna Reis, Natália Matos, Camila Honda e Juliana Sinimbú serão as atrações principais do Conexão Belém. Para deixar as coisas mais interessantes, cada artista terá um convidado especial para subir ao palco, sendo que este representará um ritmo “oposto” ao do artista que convidou. O público poderá conferir diferentes estilos dividindo o mesmo palco, como por exemplo:  o pop e o brega; o tradicional e eletrônico;  e o rock infantil com o hardcore. Solanno, Cronistas da Rua, Toni Soares, Jayme Katarro, Félix Robatto, Renan Sanches e Mestre Laurentino são os nomes que completam a programação.

O projeto Conexão existe há 14 anos e foi concebido em Belo Horizonte. Seu intuito é conectar os agentes culturais brasileiros e realizar eventos no setor musical que incentivem a cultura. Além do festival que acontece em nove estados,  o Conexão também promove diversos projetos de gravação de CD’s e DVD’s, produção de videoclipes e programações voltadas à profissionalização de pessoal. No Pará, mais de 100 projetos socioculturais foram desenvolvidos e os festivais já ocorreram em Belém, Castanhal, Bragança e Marabá.

O festival tem patrocínio da Unimed Belém, através da Lei Tó Teixeira e Guilherme Paraense, e Prefeitura de Belém, e apoio da Organização Pará 2000, Secult e Governo do Pará, com realização da Ampli - Agência Cultural.

Serviço

Data: 5 e 6 de dezembro
Local: no anfiteatro São Pedro Nolasco, na Estação das Docas (Boulevard Castilhos França, s/n, bairro da Campina)
Hora: a partir das 19h
Entrada gratuita.
Informações: (91) 3229-1291 / www.amplicriativa.com.br.


Comentário