REVISTA

Arancini de pato

O Círio está batendo à nossa porta e nada melhor do que uma boa receita para inovar no cardápio tradicional. Ângela Sicilia tem uma relação afetiva muito forte com Círio, já que esta data representa para ela uma renovação não só da fé, mas a esperança de que coisas melhores estão a caminho. Ela ainda tem a data como uma inspiração sempre presente na criação de novos pratos. “Eu gosto muito do Círio - que remete à minha infância; que é a nossa cara, a cara do Pará; de Belém. Eu gosto muito desta época. É uma coisa que mexe com a gente. Me inspira a criar novas roupagens, porque a gente não consegue fugir da maniçoba e do pato no tucupi. Não existe um Círio sem isso. É a cara do Círio”, destacou.

Segundo Ângela, nesta época do ano muitas pessoas que moram fora ou que não são de Belém procuram no Famiglia Sicilia (restaurante capitaneado por ela e pelo irmão, o também chef e sommelier, Fabio Sicilia) um pouco dos pratos típicos que dão o sabor especial do Círio - por isso eles estão sempre renovando o cardápio para poder dar uma amostra da saborosa gastronomia paraense para os visitantes.  “Aqui no restaurante temos um peixe no tucupi, que é para deixar as pessoas de fora experimentarem um pouquinho do que é nosso, com uma roupagem diferente. Temos o ravióli de maniçoba, dando uma cara mais bonita ao prato, deixando menos assustador para quem não o conhece e preservando o mesmo sabor. E agora estamos com um bolinho de pato que é o Arancini com pato e jambu servido com uma redução de tucupi”.

E para que as pessoas também possam degustar os ingredientes do "Natal dos paraenses" a chef revela a receita do seu Arancini de pato, que é bem simples de fazer, mas tem toda uma história para contar. “É a cara do círio e a nossa cara. O Arancini é um prato típico da Sicília, que é de onde vem a minha família. Fizemos uma mistura ítalo-amazônica. Pegamos uma entrada de origem siciliana e adicionamos o tempero do Pará”, explicou.

 

Confira a receita:

ARANCINI DE PATO

Porção para  4 bolinhos.

Ingredientes:

180g de arroz arbóreo (riso arborio)
110g de ragu de pato
10g de cebola picada
10g de alho picado
10g de chicória
168g de tucupi
Trigo
Farinha de rosca
2 ovos

 

Modo de preparar

Primeiro prepare o pato. Cozinhe o pato e faça todo o preparo, como se fosse fazer um pato no tucupi. Depois desfie-o. Prepare o arroz arbóreo, deixe-o no ponto. Reserve.
 
Em um  frigideira refogue a cebola, alho e a chicória e adicione o pato, o jambu e o arroz e misture tudo. Tire da panela e espere esfriar para poder colocar o ovo. Coloque o ovo, o parmesão ralado e prepare a bolinha. Passa no ovo de novo, na farinha de rosca, empane e frite.


Comentário